Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 3 de março de 2011

Esse é o Geraldin...

Hoje o sonho de ser mãe de Monalise se concretizou por completo com o nascimento do Geraldin pela manhã, na Maternidade Santa Fé no bairro Santa Tereza em Belo Horizonte. Geraldin nasceu com 2.860 kg e 47 cm de comprimento, cerca de 1/3 do tamanho da mãe, para terem noção que o moleque nasceu grande. (pelo visto é normal nos Monges os moleques nascerem com 1/3 do tamanho da mãe, com o Chicão do Rominho, hoje com 2 aninhos, não foi diferente).

Por consequencia, a familia Monges também aumentou, recebendo mais um integrante nos Monges Kids que é formado pelo Gabriel, Chicão, Felipe e agora o Geraldin (não esta errado, é Geraldin mesmo e não Geraldinho viu!).

Acreditamos que este momento é de grande felicidade do casal, em virtude do desejo de terem o primeiro filho, e desejamos os votos de muita saúde, paz, amor, harmonia e conquistas a vocês e ao Geraldin, que os anjos de guarda dele desde já aprendam a pilotar moto e a torcer pelo galo, pois daqui uns anos se Deus quiser estaremos na estrada juntos e no mineirão torcendo pelo galo, apenas os tios atleticanos, que não é meu caso.

Parabéns ao casal e contem sempre conosco, pois estaremos sempre por perto.

“Reflexão (viajei depois que conheci o baixinho – talvez porque não havia parado para pensar nisso e como eu e Ellen estamos querendo muito ter um filho(a) me veio este pensamento a cabeça)

“Após minha visita a Mona para dar os parabéns e conhecer o Geraldin, voltei para casa pensado na sorte que é ter um filho. Digo sorte porque geralmente, após nos tornarmos adultos, passamos a viver uma vida de responsabilidades e obrigações, e muitas vezes em função das mesmas temos dúvidas se seremos bons pais, se conseguiremos educar e dar o melhor de nós ao nosso filho, no entanto, vendo aquele bebê indefeso, pequenininho e necessitando de muitos cuidados e atenção, percebi que a beleza da vida que se inicia, a pureza, a inocência e a fragilidade dele nos transforma e nos ensina, talvez mais do que nos a ele, pois para educá-lo precisamos reaprender a sermos puros, a observar os pequenos gestos e sinais e com o passar do tempo, o amor que sentimos por este bebezinho que vamos ver se tornar homem, se torna a coisa mais importante da nossa vida, e sem isso nada mais tem sentido, nem mesmo uma maravilhosa viagem de moto junto com os amigos”.

Read Full Post »